Veja como é fácil fazer a automação de piscinas.

Hoje em dia, a automação de piscinas, é a maneira mais prática pra manter uma piscina com água limpa e desinfetada. O processo é muito simples e garante muito menos esforço com mão de obra.

É uma solução para quem não tem tempo para cuidar e fazer a manutenção de sua piscina ou tem dificuldade em encontrar mão de obra especializada. Assim, podem evitar estas que podem se tornar grande dor de cabeça para quem já possui ou deseja instalar uma piscina em casa.

Um sistema de automação de piscinas conta com poucos componentes. É tão simples que quem já possui um sistema de filtração adequado, deverá adquirir apenas um painel para controle do sistema e um clorador.

Assim, iremos explicar neste artigo como funciona o processo de automação de piscina, quais os equipamentos necessários e qual a função de cada um destes equipamentos.

Como é feito o processo de automação de piscinas?

Como já dito anteriormente, o processo para deixar a sua piscina automática é simples.

A primeira coisa a se fazer é instalar um painel de comando, que possui timer para piscina. Este painel servirá para ligar e desligar automaticamente a bomba do filtro. O tempo de funcionamento da bomba dependerá do quanto a piscina estará sendo usada e de sua posição relativa quanto a folhas, insetos, poeira etc.

De forma geral, filtrando-se a água da piscina por um período diário de 2 a 4 horas é possível mantê-la limpa e cristalina com grande economia de energia elétrica.  Isso seria possível pois a bomba estará funcionando por um período curto de horas sem necessidade de ligá-la e desligá-la manualmente.

Ao mesmo tempo em que a bomba estiver funcionando, a água será clorada, sem manuseio humano. Assim, ficará faltando apenas a aspiração da piscina para a limpeza do seu fundo. Esta por sua vez deverá ser efetuada uma vez por semana, manual ou automaticamente, com o uso de limpador de fundo à escolha.

Automação de piscinas residenciais
Automação de piscinas residenciais

Equipamentos usados para a automação da piscina

Painel de comando / Timer para piscina

O sistema de automação utiliza como ponto principal o painel de comando. Como o próprio nome diz, é através deles que será administrado o funcionamento automático da piscina. É este painel que controlará quando a água será filtrada, através da regulagem de funcionamento da bomba.

No sistema de automação de piscinas da Epex, ele é utilizado para comandar a bomba através do timer para piscina. Assim, o funcionamento da bomba se torna automático, ligando e desligando no tempo desejado, conforme o uso da piscina.

Painel de comando / timer para piscinas
Painel de comando / timer para piscinas

Clorador para desinfecção da água da piscina

Ao mesmo tempo em que água estiver sendo filtrada, com a bomba em funcionamento, ela também  deve ser clorada automaticamente.

Para isso existem certos equipamentos para executar esta desinfecção da piscina, como a bomba dosadora e o dosador ejetor. No sistema de automação de piscinas da Epex, geralmente é usado o que acreditamos ser o mais prático e econômico deles: o dissolvedor de pastilhas.

Este dissolvedor utiliza tabletes de cloro de 200 gramas. Ele funciona como um clorador de passagem e não utiliza energia elétrica. As pastilhas utilizadas podem ser dicloro, tricloro ou cloro multiação. Se quiser saber mais sobre o dissolvedor de pastilhas, leia este artigo.

Dissolvedores de pastilhas para desinfecção econômica

Outros tipos de cloradores

Os outros tipos de cloradores citados utilizam cloro líquido ou granulado.

O clorador do tipo ejetor é um aparelho simples, utilizado para dosagem de cloro líquido. Ele não utiliza peças de movimento mecânico e possui longa vida útil.

Ele possui uma válvula de regulagem sensível, mas sua dosagem não é muito precisa, variando um pouco para mais ou para menos.

 

Dosador de cloro tipo ejetor para piscinas
Dosador de cloro tipo ejetor para piscinas

A bomba dosadora é um aparelho eletrônico de dosagem de soluções químicas. Normalmente este equipamento é utilizado para piscinas maiores.

Ao contrário do dosador ejetor, a bomba dosadora eletrônica possui uma dosagem muito precisa. Ela é acionado por um diafragma de Teflon maciço.

Bomba dosadora de cloro para piscinas (tipo diafragma)
Bomba dosadora de cloro para piscinas (tipo diafragma)

Para complementar a cloração da piscina, pode-se utilizar um esterilizador UV.

Ele serve para eliminar micro-organismos e evitar assim a proliferação de algas, bactérias e protozoários. Ele também reduz o forte cheiro de cloro.

Mas, atenção! Ele não pode ser o único meio de tratamento da água de sua piscina! Matérias orgânicas como o suor e excreções não são eliminadas por ele. Por isso, ele deve ser utilizado de forma complementar à cloração

Esterilizador UV para piscinas

Solução para piscinas públicas

Em piscinas públicas, onde exige-se um tratamento mais rigoroso, o ideal é instalar um sistema ORP com 3 bombas dosadoras e um controlador CLP. Este sistema possui sensores que acionarão estas 3 bombas automaticamente quando se fizer necessário. Cada uma destas bombas é usada para dosagem de soluções diferentes, para cloração e controle de pH.

Automação de piscinas com aquecimento

Para o sistema de aquecimento da piscina, não é recomendado utilizar a mesma bomba do sistema de filtração. Deve-se instalar uma bomba separada para esta finalidade.

É ideal que o painel de comando para a automação da piscina seja o mesmo para comandar a filtração e o aquecimento. Assim, todos os sistemas são alimentados com apenas um ponto de entrada de energia.

O processo para automatizar o aquecimento da piscina dependerá do equipamento instalado: bombas de calor, aquecedores gás e/ou solar.

Ainda não tem um equipamento de aquecimento instalado em sua piscina? Se você está interessado em instalar um, veja as vantagens e desvantagens de uma piscina aquecida neste artigo.

Bombas de calor

As bombas de calor normalmente possuem termostato. Portanto basta regulá-lo na temperatura desejada que ele enviará o sinal para que a bomba ligada ao equipamento seja ligada.

Aquecedores a gás

No caso de sistema de aquecimento a gás, o painel de comando deverá conter um termostato cujo sensor esteja acoplado à tubulação para piscina.

Conforme à temperatura desejada, o sensor enviará o sinal para que a bomba do sistema de aquecimento gere um fluxo  de água em direção aos aquecedores a gás. Assim, este fluxo será recebido por um sistema de bypass (os aquecedores modernos, próprios para piscinas, possuem um sistema que aciona a chama do aquecedor apenas quando há fluxo de água nas serpentinas).

Com a água finalmente aquecida, conforme a temperatura indicada no termostato, o sensor enviará o sinal para que a bomba de aquecimento seja desligada. Assim, a chama do aquecedor é apagada.

Placas de aquecimento solar

No processo de aquecimento solar, a bomba de recirculação, é comandada por um termostato similar ao do aquecimento a gás. Assim, ela funciona de maneira parecida com a dos aquecedores a gás. Isto significa que ela será desligada caso a temperatura escolhida para a água seja atingida.

Este sistema, que depende do sol para funcionar, pode necessitar de um sistema de aquecimento complementar. Este apoio portanto pode ser tanto de um sistema de aquecimento a gás, quanto de um sistema com bombas de calor.

Agora que você já sabe como é fácil fazer a automação de piscinas, porque não automatizar a sua?

Saiba mais em: www.epex.com.br

Você também pode gostar:

16 comentários

  1. ok, mas como eu faço para automatizar a aspirção, ou seja eu apiro a piscina sem ter que descer na casa de maquinas para inverter o gegistro de filtro para aspiração. Existe alguma valvula automatica para isso?
    Grato!
    Carlos Saldanha

    • Prezado senhor Carlos,
      Agradecemos o seu comentário e informamos que a aspiração pode ser automatizada através de um robô de aspiração, mas o equipamento é oneroso e poderá dar mais trabalho do que inverter o registro, pois o robô deve ser colocado manualmente na piscina, tendo que ligar as mangueiras a ele.
      A automatização que podemos fazer ajudará a diminuir o consumo de energia elétrica fazendo a bomba do filtro funcionar com timer, desligando e ligando automaticamente quando necessário.

  2. Sou construtor de piscinas a mais de 38 anos a 20 anos so uso produtos EPEX – tais como bocais – skynner – filtros – paineis eletricos – a cinco anos compro direto da loja engeprol em Bhte. muito satisfeito e são produtos que não me dão dor cabeça com reclamações – faço qualquer instalação hidraulica de piscinas e hidro com orientação tecmica da Epex. Grato – Enio

    • Prezado senhor Robson,
      Lembramos que o processo de ionização é um processo complementar de desinfecção. Ele não pode ser o único tratamento da água, deve ser usado para complementar o tratamento com o cloro que é obrigatório por lei. Apesar disso não recomendamos este tipo de tratamento, pois por ser baseado na dissolução de metais pesados na água, ele pode ser nocivo à saúde dos banhistas porque estes metais penetram no organismo pelos poros ou pela boca. Você pode usar como processo complementar o esterilizador UV que elimina os micro-organismos com eficiência sem causar danos à saúde.
      De qualquer forma, caso o senhor realmente opte pelo processo de ionização, informamos que este sistema, em geral, é automático por si só, não necessitando de um painel de comando para regular suas ações.

  3. Para piscinas ao ar livre qual o sistema para aquecimento que vocês recomendam que seja mais eficiente e menos oneroso sua instalação e posteriormente sua utilização? Vocês instalam ou indicam algum instalador?
    Abraço

    • Senhor Antônio, indicamos o uso de bombas de calor. É o tipo de aquecimento mais eficiente e com melhor custo-benefício a longo prazo. Para questões de fornecimento e instalação, entraremos em contato com o senhor via e-mail, para coletar mais informações a respeito da piscina.

  4. Boa tarde, sou engenheiro civil e estou construindo uma piscina de (6×6)m com profundidades variaveis de 0,25 a 1,40 com um lado de borda infinita e gostaria de vender o seu Quadro de Comando para o meu cliente, segue os dados:

    – dentro da piscina terei um SPA com acionamento pneumático com transformador 24VAC para uma bomba de 2cv e queria também por controle remoto,

    – uma cascata com bomba de 1/3 cv MONO,

    – uma cobertura de enrolar em pvc automática da Cobrepool

    – uma borda infinita com bomba de retorno de 1/2 cv MONO acionamento por boia automática inferior no reservatório de 1000 litros

    – filtragem com programação para bomba de 1/2 cv MONO

    – um trocador de calor da sobramar SD-60 220V

    – iluminação de 5 pontos por fibra ótica, conforme o detalhe em anexo.

    – e terei uma ilunimação no entorno da piscina,

    obra fica em Barueri – Tamboré 1

    Grato,

    Engº Helvis Pedroso

    99789-3819

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *