Filtro de piscina: o que é e como funciona?

O filtro de piscina é peça importante para quem quer fazer uma piscina. Toda a higiene e funcionamento da piscina passam por ele. Por isso, é necessário uma atenção especial para este item.

Você sabe o que é e como funciona um filtro de piscina?

Quem não tem uma piscina talvez nunca tenha ouvido falar deste equipamento. Mas, se você está pensando em fazer uma ou comprou uma casa com piscina, é indispensável que ao menos tenha o conhecimento básico do que é um filtro de piscina.

Assim, neste artigo falaremos um pouco a respeito do filtro e seu funcionamento.

Afinal, o que é o filtro de piscina?

Em poucas palavras, o filtro para piscina é o recipiente onde ocorre a filtração da água. Quem realmente faz a filtração da água é o meio filtrante (geralmente areia) que é colocado nele.

Dentro deste equipamento as impurezas físicas são removidas da água. Isso significa que os pequenos resíduos sólidos que caem na piscina, como pequenos insetos e cabelo, são retidos nele.

Normalmente o filtro de piscina fica localizado na casa de máquinas, junto á bomba e os demais equipamentos.

Qual é a função do filtro na piscina?

Mas se é a areia que realmente faz a filtração da água, então qual a função do filtro de piscina? Você provavelmente deve estar se fazendo esta pergunta neste momento.

Por ser o recipiente, ele tem a função de receber a água que vem dos ralos de fundo e fazê-la passar pela areia da forma mais eficiente possível.

Portanto, para se obter uma filtração de qualidade, o filtro deve distribuir a água de forma uniforme sobre o leito filtrante.

Como funciona o filtro de piscina

Antes de explicar o funcionamento específico do filtro, deixe-me resumir como é feita a filtração da água da piscina:

  • A bomba puxa a água da piscina através dos ralos de fundo;
  • Antes de a água passar pela bomba, um pré-filtro retira os resíduos mais grossos como, por exemplo, as folhas;
  • Depois de passar pelo pré-filtro e pela bomba, a água chega até o filtro de piscina;
  • Assim, a água já filtrada é direcionada de volta à piscina, podendo passar por sistemas intermediários antes, como sistemas de aquecimento e/ou desinfecção automática.
Esquema de funcionamento de um sistema de filtração, com bomba e filtro de piscina, dosador de cloro, painel, iluminação, skimmer
Esquema de funcionamento de um sistema de filtração

Portanto, o que faz o sistema de filtração funcionar é a bomba, pois é ela quem movimenta a água através dos equipamentos. Ao ligar a bomba o processo de filtração se inicia.

Dentro do filtro de piscina, a água é espalhada uniformemente sobre o material de filtração. Assim, ela vai descendo sobre o leito e as impurezas vão ficando pelo caminho, retidas pelas arestas da areia filtrante.

Ela percorre este caminho até chegar aos drenos, que puxam a água filtrada e a encaminha ao coletor central.

Este coletor leva a água até à válvula, para que assim ela seja direcionada novamente à piscina.

Veja abaixo um exemplo de estrutura do filtro de piscina Epex:

Vista explodida de um filtro de piscina Epex da linha AV
Vista explodida de um filtro de piscina Epex da linha AV

Quanto tempo o filtro deve ficar ligado?

Para que a água da piscina seja devidamente filtrada, o filtro de piscina deve ficar ligado durante um tempo determinado. Isto é necessário porque leva tempo até que toda a água da piscina passe pela filtração.

O tempo que realmente é necessário para a filtração completa acontecer é variável. Ele depende da vazão do filtro, do volume da piscina.

O cálculo é simples, basta dividir o volume da piscina pela vazão do filtro. O resultado é a quantidade de horas necessárias para recircular toda a água da piscina. Quer um exemplo? Veja este:

Suponhamos que você tenha uma piscina de 30 m³ e o seu equipamento de filtração tenha vazão de 5 m³/h. O cálculo seria 30 ÷ 5 = 6 horas.

Agora e se você usasse um filtro de vazão de 10 m³/h na mesma piscina? O calcula seria este: 30 ÷ 10 = 3 horas.

Contudo é preciso ficar atento. Existe um tempo máximo de recirculação exigido por norma. Este tempo de acordo com as propriedades da piscina.

A seguir, você verá a tabela usada como referência para a determinação deste tempo:

Tempos máximos de recirculação ABNT – NBR 10.339
Profundidade da piscinaPiscinas públicasPiscinas residenciais
Até 0,60 m2 horas6 horas
Profundidade mínima inferior a 0,6 m e profundidade máxima superior a 0,6 m4 horas6 horas
Profundidade mínima entre 0,6 e 1,8 m6 horas8 horas
Profundidade mínima superior a 1,8 m8 horas12 horas

De quanto em quanto tempo é necessário filtrar a piscina?

A resposta para esta pergunta é variável. O que é realmente recomendado é que a filtração seja feita todos os dias. Mas, geralmente, a filtração é realizada proporcionalmente ao uso da piscina.

Se você usa a piscina todos os dias, então é adequado que a filtração da água também seja feita todos os dias.

Se o uso da piscina é feito com menos frequência, a filtração pode ser feita em um intervalo maior de tempo. Porém é importante não deixar de tratar a piscina pelo menos a cada 15 dias, mesmo que você não esteja usando.  Assim, o acumulo de sujeira, a proliferação de algas e os focos de mosquitos transmissores de doenças são evitados.

Agora que você já sabe os conceitos básicos de um filtro de piscina, você pode evitar problemas e comprar filtros adequados à sua piscina.

Por fim, se você está pretendendo fazer uma piscina ou precisa trocar os equipamentos da sua, talvez seja interessante você saber como escolher o filtro ideal para sua piscina.

Você também pode gostar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *